Acre não vai exigir receita médica para vacinar crianças contra a Covid-19, diz Sesacre

O Acre não vai exigir prescrição médica para vacinar crianças entre 5 e 11 contra a Covid-19, segundo a Secretaria estadual de Saúde (Sesacre). Na sexta (24), o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Eduardo de Oliveira Lula, divulgou uma carta em que afirma que os estados não vão exigir pedido médico para a vacinação de crianças.


Na quinta (23), o ministro da Saúde Marcelo Queiroga afirmou que o ministério vai recomendar que as crianças de 5 a 11 anos sejam vacinadas desde que haja prescrição médica e assinatura de termo de consentimento pelos pais.

Em nota, a Sesacre informou que irá seguir a recomendação do Ministério da Saúde (MS), ofertando as vacinas para as crianças entre 5 e 12 anos, mas que ainda aguarda a liberação do Ministério da Saúde para a início da vacinação para essa faixa etária.


“Não será necessário receita médica, já que se trata de nova vacina, igualmente as já existentes no calendário anual, em que os pais sempre acompanham seus filhos”, acrescenta a nota, assinada pela secretária de Saúde, Paula Mariano.