Aprovado novo auxílio de meio salário para jovens órfãos na pandemia

Mais um auxílio para jovens foi aprovado nesta semana. A Assembleia Legislativa do Pernambuco (Alepe) aprovou nesta quinta-feira, durante sessão plenária, uma espécie de pensão para jovens que perderam os pais na pandemia.

O Projeto de Lei 2591/2021 propõe que crianças e adolescentes órfãos em decorrência da pandemia de Covid-19 recebam um auxílio do governo de meio salário mínimo até os 18 anos. O auxílio será chamado de Benefício Continuado Pernambuco Protege.

De acordo com o texto do projeto de lei, os jovens órfãos terão direito ao benefício mesmo que apenas um dos pais tenha falecido. Todos os menores de 18 anos que moram em Pernambuco há pelo menos um ano. Além disso, os jovens não podem estar recebendo pensão por morte do INSS no momento da solicitação.

“A mortalidade de pais e mães por Covid-19 resultou em desamparo afetivo, econômico e social para muitas crianças e jovens. Com esse projeto, tenta-se diminuir os efeitos disso”, explicou a deputada Jô Cavalcanti (PSOL).

Auxílio emergencial prorrogado

O auxílio emergencial do Governo Federal vai ser pago até novembro. O presidente da República, Jair Bolsonaro já destacou que após o término, haverá a criação de um novo auxílio