Dupla que matou colega de cela com lâmina de babear é condenada

O conselho de sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri condenou a mais de 30 anos de prisão duas detentas que mataram a colega de cela Jamily Ferreira Barbosa. A sessão foi realizada na manhã desta terça-feira, 17, no Fórum Criminal de Rio Branco. Valdereis de Souza Nascimento recebeu a maior pena. Mel como é mais conhecida foi sentenciada a 17 anos e 6 meses de prisão. Enquanto, Ana Clara Freitas de Sá foi condenado a 15 anos e 10 meses. O corpo de jurados acatou a tese de homicídio privilegiado. Consta na denúncia que Ana Clara e Valdereis utilizaram uma lâmina de babear para degolar e cortar os pulsos da vítima. O crime aconteceu no dia 22 de novembro do ano passado, no interior do Presídio Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco. Jamily Ferreira Barbosa tinha problemas mentais.