Em Rio Branco, Saúde faz repescagem para imunizar adolescentes com 12 anos nesta quinta (19)

Ainda com a repescagem de vacinação, a Saúde de Rio Branco segue imunizando adolescentes acima dos 12 anos e outros públicos que ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (19). O atendimento é feito das 8h às 16h.

Para se vacinar, o adolescente precisa ir acompanhado dos pais ou responsável com documento de identidade ou o cartão do SUS em mãos.

público que tomou a primeira dose da AstraZeneca há 90 dias pode tomar a segunda dose em três Uraps. Já no drive-thru, montado em frente ao 7º BEC, as equipes aplicam, além da segunda dose da Fiocruz, também a 2ª dose da CoronaVac.

Nesta quarta (18), o governo divulgou que todas as 22 cidades acreanas já vacinam adolescentes acima dos 12 anos.

Na capital acreana, já foram vacinados 28 mil dos cerca de 40 mil adolescentes aptos a tomar a primeira dose.

Antecipação suspensa

Sem estoque suficiente, a Saúde de Rio Branco suspendeu a antecipação de 45 dias da 2ª dose da AstraZeneca/Fiocruz. Com isso, a vacina é disponibilizada, há cerca de 15 dias, apenas para quem tomou a primeira dose há 90 dias.

Pontos de vacinação da 1ª e 2ª dose da Pfizer

  • Urap Hidalgo de Lima
  • Urap Rosângela Pimentel
  • Urap Maria Barroso
  • Urap Cláudia Vitorino
  • Urap Eduardo Assmar
  • Urap Vila Ivonete
  • Urap Roney Meireles
  • Urap São Francisco

2ª dose da AstraZeneca 90 dias:

  • Urap Bacurau
  • Urap Valdeisa Valdez
  • Policlínica Barral y Barral

Somente 2ª dose AstraZeneca e CoronaVac:

  • Drive-thru em frente ao 7º BEC

Vacinação no Acre

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 842.183 doses de vacinas e foram aplicadas 596.005 doses na população até terça (17), data da última atualização. Das doses, 425.230 pessoas tomaram a primeira dose, 159.791 a segunda e 10.984 a dose única. Rio Branco aplicou 290,4 mil doses e Cruzeiro do Sul 76 mil.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.