Estado investe em capacitação de servidores do Sistema Penitenciário

A qualificação profissional é uma das formas de valorizar os servidores e aprimorar os serviços prestados pelo governo do Estado do Acre. No Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), as capacitações têm sido constantes não somente na capital como no interior. Nesta segunda-feira, 9, a Divisão de Escola do Servidor Penitenciário (Desp) iniciou mais uma turma do curso de elaboração de relatórios, comunicados internos e documentos oficiais, com treinamento no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), em Tarauacá.

Em Tarauacá, 26 servidores participam da capacitação Foto: Iapen/AC

O objetivo geral do curso é desenvolver competências e habilidades relativas à produção de relatórios, comunicados internos e documentos oficiais de forma clara, precisa e coesa, no contexto do sistema prisional, utilizando o SEI com eficácia e eficiência.

Em Tarauacá, 26 servidores, entre policiais penais e profissionais do quadro técnico e administrativo do Iapen, participam do curso. Na última semana, uma turma com 27 alunos concluiu a capacitação em Cruzeiro do Sul. A qualificação ainda será ofertada em Sena Madureira e Rio Branco.

O presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, destacou o papel fundamental dos cursos de aperfeiçoamento para a vida dos profissionais do órgão. “Ao investir na capacitação, buscamos a valorização dos servidores, adequando as necessidades da administração à preparação profissional”, disse.

Curso já foi ofertado para 27 servidores de Cruzeiro do Sul e será oferecido em Sena Madureira e Rio Branco Foto: Iapen/AC

De acordo com a diretora da escola, Helena Guedes, a excelência na comunicação escrita constitui um dos maiores desafios para o profissional que deseja obter sucesso no cenário do serviço público. “Está provado que, no processo de comunicação, não é suficiente apenas deter o conhecimento. É preciso dominar as técnicas de transmissão das informações”, destacou.

Ela ainda ressaltou que os relatórios técnicos, comunicados internos e documentos oficiais são textos profissionais que requerem precisão e clareza, pois transmitem dados e informações que irão subsidiar importantes decisões.