Estado prepara reinauguração de escola técnica em saúde com novos laboratórios e novos cursos


Ascom/Ieptec

O Instituto de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec), prepara os ajustes finais para a reinauguração da Escola Técnica em Saúde Maria Moreira da Rocha, em Rio Branco. As obras de reforma e ampliação estão sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). A previsão é que a unidade seja entregue já na próxima semana.

O investimento é proveniente de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), na ordem de R$ 2.286.488,87.

O novo espaço conta com modernos laboratórios de informática, biologia e química, física e matemática, estética facial e corporal, consultório odontológico, além de quatro salas de aula e um auditório com capacidade para comportar 150 pessoas.

Cursos ofertados

Atualmente, a Escola Técnica em Saúde possui cerca de 1.300 alunos em todo o estado. Os docentes encontram-se em fase de conclusão de curso em estágio supervisionado nas áreas de enfermagem, análises clínicas, saúde bucal, órteses e próteses, imobilização ortopédica, nutrição e dietética, equipamentos biomédicos, vigilância em saúde e gerência em saúde.

Com a revitalização da unidade de ensino técnico, o Ieptec dará início a diversos cursos destinados a alunos do novo ensino médio da Rede Estadual, entre eles, Radiologia, Enfermagem, Farmácia e Imagem Pessoal.

O espaço ainda contará com a oferta de novos cursos de qualificação profissional, como Balconista de Farmácia, Atendente em Serviços de Saúde e Higienista em Serviços de Saúde. A iniciativa já conta com alunos de 13 escolas da rede pública estadual de ensino em Rio Branco.

Segundo o presidente do Ieptec. Francineudo Costa, as escolas da rede de educação profissional no estado encontram-se em fase de adequação ao novo formato do ensino médio, no qual o aluno pode optar por uma formação profissional e técnica dentro da carga horária do ensino médio regular.

“A reforma de nossa escola técnica em saúde está alinhada a esse novo momento da educação profissional, principalmente no que concerne à implementação do novo ensino médio, onde a educação profissional entra dentro da matriz curricular”. E acrescenta: “Com isso, a Escola Maria Moreira vai atender não apenas às demandas da educação, mas da secretaria de saúde e, claro, da própria comunidade”.