Estudante de medicina baleado durante briga com trisal de sargentos passa por cirurgia em hospital no AC

A família de Flavio Endres Ferreira, de 30 anos, informou que o estudante de medicina passou por uma cirurgia no pronto-socorro de Rio Branco e tem quadro estável na tarde deste domingo (28). Ele foi baleado, no sabádo, 28, pelo sargento da PM, Erisson Nery.

um dos familiares de Flávio, que preferiu não se identificar. Ele mora em Epitaciolândia, que fica na fronteira, e estuda na Bolívia. Segundo familiares, ele tinha ido assistir o jogo no bar com os amigos. A família também rebate a versão do policial, que alega que o estudante teria assediado Alda.

“A gente não sabe muita coisa, só o que saiu na mídia e estamos tentando buscar mais informações. Ele ainda não está bem para responder e estamos esperando ele ficar mais consciente para passar a versão dele. Ele foi atingido no tórax e abdômen e segue estável. A mãe dele está muito abalada. A gente está revoltado, ele é uma pessoa muito boa e jamais, conhecendo ele, faria o que estão falando [de assediar alguém]. Ele é casado e tem filhos”, disse.

Amigos também estão se organizando para fazer um protesto pedindo justiça em frente ao batalhão da cidade de Epitaciolândia.