Idosa de 70 anos desaparece em rio no interior do Acre e bombeiros fazem buscas

Uma idosa de 70 anos desapareceu na última quinta-feira (9) ao navegar pelo Rio Lagoinha, em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. O Corpo de Bombeiros chegou a fazer mergulhos na região, mas ela ainda não foi localizada.


O caso ocorreu na comunidade rural Mato Grosso. Populares informaram aos bombeiros que ela, conhecida apenas pelo nome de Damiana, foi vista pela última vez sozinha em sua canoa, enquanto tentava chegar na casa de uma vizinha. A informação é que ela estava sem remos e se deslocava segurando nos galhos das árvores que ficam às margens do rio.


“Nos informaram que ela costumava sempre fazer esse trajeto entre a comunidade Mato Grosso e Guajará em sua canoa. E foi assim que ela foi vista pela última vez. A canoa dela foi achada às margens do rio, e não estava alagada. Nossa equipe chegou ao local no sábado [11] e fez mergulhos, mas ela não foi encontrada”, disse o comandante dos Bombeiros em exercício, tenente Ocimar Farias.

Ainda segundo Farias, como a canoa da idosa foi achada às margens do rio, existe a possibilidade dela ter entrado na mata e se perdido. Por conta da falta de informação concreta sobre o que ter ocorrido, os Bombeiros resolveram suspender as buscas.


Os amigos da mulher informaram à equipe de mergulho que já tinham procurado por ela também na floresta, mas que não tinham encontrado.