Jovem sem CNH que atropelou 2 pessoas no AC alegou que tentou desviar de moto que estava na contramão, diz polícia

O jovem Diego de Souza de Paula, de 19 anos, que foi detido na última segunda-feira (17) pela Polícia Militar após atropelar duas pessoas na Avenida Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco, foi liberado na Delegacia de Flagrantes (Defla) após ser ouvido pelo delegado plantonista. O rapaz conduzia um carro na hora do acidente, mas não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).


Segundo a Polícia Civil, a liberação do rapaz foi baseada no artigo 301 do Código Brasileiro de Trânsito, que afirma: ”Ao condutor de veículo, nos casos de acidente de trânsito de que resulte vítima, não se imporá a prisão em flagrante, nem se exigirá fiança, se prestar pronto e integral socorro àquela”.
Diego de Paula permaneceu no local do acidente e, conforme a polícia, prestou assistência às vítimas.


O veículo conduzido pelo jovem bateu no ciclista Rodrigo de Soares, de 19 anos, e o motorista de caminhão Mateus Sombra de Queiroz, de 26 anos, que teve a perna esquerda amputada após o acidente, está internado na UTI do Pronto Socorro de Rio Branco em está grave.


Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que Diego de Paula atropela as vítimas. O carro aparece em alta velocidade e desgovernado na rua e só consegue parar após bater nas pessoas.

No depoimento, Diego de Paulo alegou que tentou desviar de uma motocicleta que estava na contramão. Ao tentar desviar, ele perdeu o controle do veículo e atingiu o ciclista e o motorista do caminhão.


O carro usado seria da namorada dele. O rapaz afirmou também que não estava mexendo no celular, nem fazendo nenhuma ligação telefônica.


As investigações do caso serão conduzidas pela Delegacia da 5ª Regional, no bairro Adalberto Sena. O coordenador da delegacia, delegado Nilton Boscaro, que teve acesso ao depoimento do rapaz, falou que já instaurou o inquérito e designou uma equipe para começar as investigações e apurar as causas do acidente.