Má notícia! Latam aumenta a taxa para despacho de bagagem em voos nacionais

A Latam aumentou a taxa para despachar bagagem nos voos nacionais da empresa. O valor mínimo para uma bagagem de até 23kg passou da faixa de R$ 60 a R$ 80 para R$ 75 a R$ 100 na compra com antecedência de pelo menos 48 horas do voo, podendo chegar a R$ 140 se comprado com menor antecedência. O aumento deixa a empresa com a bagagem mais cara entre todas as companhias aéreas nacionais!

Novas taxas de bagagem despachada na Latam (voos nacionais)

O novo valor para compra de uma bagagem de até 23 kg após a emissão da passagem e mantendo uma antecedência mínima de 48 horas da viagem agora é de R$ 90 ou R$ 100 para o primeiro volume, dependendo do voo. Comprando no momento da emissão da passagem, é possível pagar a partir de R$ 75. Também é possível adquirir um volume de até 15 kg entre R$ 55 e R$ 80 com antecedência mínima de 48 horas para a viagem.

Quem deixar para comprar no aeroporto ou com antecedência menor de 48 horas da partida terá que pagar mais caro, entre R$ 110 e R$ 140 na bagagem de até 23kg, ou entre R$ 90 e R$ 100 na bagagem de 15 kg . Esses valores para compra perto do horário do voo não sofreram reajuste.

O que diz a Latam

A Latam informou que o valor da bagagem durante a compra da passagem aérea custava R$ 65 e passou a custar R$ 75, um aumento de R$ 10. Já o valor praticado após a compra da passagem e com mais 48 horas de antecedência do voo subiu para R$ 90, podendo chegar a R$ 100 dependendo dos fatores dinâmicos que a empresa adota na precificação das bagagens. Já os demais valores não sofreram alteração.

Como economizar na compra da bagagem na Latam?

Quem tem certeza que vai precisar da bagagem deve considerar optar pela Tarifa Plus no momento da compra da passagem, que já inclui um volume despachado e geralmente custa a partir de R$ 65 a mais que a Tarifa Light, que não inclui o serviço. Além disso, a Tarifa Plus também inclui a marcação de assento sem custo adicional e menor multa para remarcação ou reembolso. Se o valor compensar, vale a pena!

Em alguns casos, vale a pena comprar a Premium Economy, que além da bagagem vai garantir um assento nas duas primeiras fileiras com a poltrona do meio bloqueada, além de check-in e embarque prioritário. O preço varia, podendo custar a partir de R$ 80 acima da Tarifa Light (ainda assim, mais barato do que comprar a bagagem separadamente).

Quanto custa a bagagem despachada na Azul, Gol e Itapemirim?

Atualmente a Gol é a única empresa que cobra um valor fixo por mala de até 23 kg, que custa R$ 60 pelos canais digitais ou R$ 120 no aeroporto. Já na Azul, o valor é variável e a primeira bagagem costuma sair por R$ 60 ou R$ 80, dependendo da rota. A Itapemirim é a única que não cobra pela primeira bagagem despachada, em qualquer tarifa. A empresa prometeu que esse benefício será permanente. Será mesmo?

A cobrança pela bagagem despachada é uma tendência mundial. Começou no Brasil em 2017, com o custo de R$ 30 por cada mala. De lá para cá os preços subiram até 300%, virando uma fonte de receita importante para as companhias aéreas. Por isso, é importante ficar atento e pesquisar no momento da compra as opções disponíveis, considerando o valor da bagagem. Quem já souber que vai precisar despachar mala deve ver se compensa optar por uma tarifa que já inclua o serviço.