Morre Jorge das Flores, empresário que foi baleado em assalto na própria loja em Rio Branco

O empresário Jorge de Souza Batista, de 65 anos, conhecido como “Jorge das Flores”, que foi ferido com dois tiros após reagir a um assalto dentro da própria loja no início da tarde deste sábado (5), morreu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do pronto-socorro de Rio Branco.

Segundo informações da polícia, Jorge das Flores estava dentro da loja que fica localizada rua Alvorada, no bairro Bosque, quando o assaltante Juliano Salvador Leitão, 27 anos, e um comparsa não identificado chegaram no local em uma motocicleta. Juliano entrou na loja e anunciou o assalto, mas Jorge jogou a própria carteira no chão e colocou a mão na cintura, como se estivesse armado.

O bandido, então, disparou várias vezes contra Jorge das Flores, que foi atingido com dois tiros no peito. O comparsa de Juliano aguardava na motocicleta na parte de fora da empresa, mas acabou se assustando quando ouviu os tiros e fugiu do local.

Após realizar os disparos, Juliano saiu correndo com a arma em punho em direção a Avenida Getúlio Vargas e foi detido no momento que tentava subir em uma motocicleta de um mototáxi. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla) para serem tomadas as medidas cabíveis.

Os filhos de Jorge das Flores presenciaram o pai ser ferido a tiros e colocaram ele dentro de um veículo e encaminharam o empresário ao pronto-socorro de Rio Branco, que fica perto da loja.

O estado de saúde de Jorge era gravíssimo, mas ele ainda chegou vivo ao hospital e foi levado para o Centro Cirúrgico. Após os procedimentos, Jorge foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde horas depois não resistiu aos ferimentos e morreu de uma parada cardíaca.

A equipe tentou por 40 minutos fazer a reanimação, mas não tiveram sucesso e atestaram a morte do empresário ainda na tarde deste sábado.

Na Defla, o criminoso Juliano disse à polícia que recebeu uma informação que o empresário Jorge das Flores estava com uma grande quantia em dinheiro dentro do próprio veículo, por isso ele e o comparsa resolveram realizar o assalto.

O caso continua sendo investigado por agentes da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Carioca que morava há 30 anos no Acre

Jorge das Flores é natural do Rio de Janeiro e morava no estado do Acre há mais de 30 anos. Em janeiro deste ano, ele visitou a própria família no Rio de Janeiro, após mais de 10 anos sem ver os familiares.

Tudo foi documentado em uma postagem no próprio perfil oficial da loja de Jorge, com a frase “O grande encontro”, quando Jorge é recebido por um familiar.

Ainda não há informações se o corpo de Jorge será levado ao Rio de Janeiro para ser enterrado em sua terra natal.