Na capital, 452 famílias são contempladas com o cartão do Programa Auxílio do Bem

452 famílias em situação de vulnerabilidade social foram contempladas com o repasse de R$ 450, que serão disponibilizados em três parcelas mensais de R$ 150 pelo governo do Estado.

Um dos beneficiados é Jonathan da Silva Rocha. O jovem de 25 anos de idade é casado e padrasto de duas crianças. Segundo ele, o auxílio financeiro será um importante reforço para a aquisição de alimentos. “A situação não está fácil e essa ajuda do governo chegou em boa hora. Com esse dinheiro, vou poder comprar mais comida para as minhas filhas”, disse.Cartão do Programa Auxílio do Bem de Jonathan Rocha foi entregue pelo governador Gladson Cameli.

O cartão também foi entregue para Organizações da Sociedade Civil. Uma delas é a Jocum (Jovens com uma Missão), que foi representada no evento por Rebeca Belon. “Para nós, o recebimento desses 12 cartões é muito significativo, porque além de nos ajudar no custeio de despesas, reconhece o trabalho que fazemos com os internos da Casa Resgate, Lar Ester e Casa do Pai”, enfatizou.

Em seu discurso, o governador Gladson Cameli destacou que sua administração não vem medindo esforços para auxiliar a população mais afetada pela crise econômica e sanitária mundial provocada pelo novo coronavírus. Segundo o gestor, o programa cumprirá o seu papel social nas 22 cidades do estado.Governador afirmou que o Estado tem se esforçado para auxiliar a população afetada pela pandemia de Covid-19.

“O governo está trabalhando para atender mais de 18 mil famílias prejudicadas pela pandemia e que ainda não receberam nenhum tipo de ajuda. Essa é uma maneira que encontramos para estender a mão do Estado para quem mais precisa e também contribuir com o aumento das vendas no comércio local. Eu não tenho dúvidas que alcançaremos o nosso objetivo”, declarou.

Este é o maior programa estadual de transferência de renda da história do Acre. Financiado pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), o Auxílio do Bem conta com R$ 9,5 milhões em recursos, que serão repassados para até 18,8 mil famílias acreanas, além de entidades não governamentais.Auxílio do Bem é o maior programa estadual de transferência de renda da história do Acre. Cartão será distribuído para 18,8 mil famílias e entidades não governamentais, nos 22 municípios.

“O nosso programa vem para atender os chamados invisíveis, que são aquelas pessoas que pessoas perderam seus empregos ou fecharam seus negócios durante a pandemia e não receberam nenhum tipo de auxílio. O cartão está sendo dado para quem realmente precisa”, explicou André Gustavo Crespo, gestor em exercício da Secretaria de Estado de Assistência Social, Direitos Humanos e Políticas para Mulheres (SEASDHM).

Presente no evento de entrega dos cartões, a vice-prefeita da capital e secretária municipal de Assistência Social, Marfisa Galvão, parabenizou o empenho dos servidores dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). “Esse momento só está sendo possível graças a eles, que desempenharam um trabalho muito importante no cadastro e seleção das famílias beneficiadas. Por isso, merecem o nosso reconhecimento”, disse.