OAB/AC solicita à Caixa Econômica prioridade para advogados nas agências bancárias

Em reunião com representantes da Superintendência da Caixa Econômica Federal (CEF) no estado, membros da Comissão da Advocacia Trabalhista (CAT) da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC) solicitaram o restabelecimento do atendimento prioritário aos advogados nas agências bancárias da instituição, suspenso devido à pandemia de Covid-19. O objetivo é facilitar a execução das demandas dos operadores do Direito junto à instituição para que haja maior agilidade.

Além disso, também foram iniciadas as tratativas para disponibilizar procedimento de atendimento à distância para levantamento de alvarás do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O encontro foi realizado na sede da Superintendência da Caixa em Rio Branco e contou com a presença do presidente da OAB/AC, Rodrigo Aiache, do secretário-geral, Thalles Vinícius, da presidente da CAT, Kétina Diniz, a vice, Paula de Carli, e vários integrantes da Superintendência da CEF no Acre.

De acordo com a presidente da Comissão da Advocacia Trabalhista, a entidade financeira se demonstrou aberta a atender as solicitações da advocacia. “Também frisamos a importância de mantermos cada vez mais fortes as relações institucionais já existentes. A facilitação do levantamento de alvarás e retorno de fila exclusiva ao advogado acreano foram algumas das solicitações”, afirma Kétina.

A titular da comissão conta que foi levantada a possibilidade de abertura de linha de crédito diferenciada para a advocacia acreana e um canal direto de comunicação entre advogados e Caixa Econômica. Já a vice-presidente da CAT destacou que com o atual procedimento, os profissionais que são clientes do banco necessitam comparecer às agências por duas oportunidades: requerer o saque e, posteriormente, receber os valores. Segundo Paula, Ordem e CEF pretendem fomentar ferramentas inovadoras no Acre.

“O que se pretende é possibilitar que o requerimento inicial seja realizado remotamente. A Superintendência se mostrou entusiasta de novos procedimentos que aprimorem a qualidade dos serviços prestados à comunidade. Fomos informados que em março o PABX do Fórum Trabalhista volta a atender os advogados. Também foi discutida a experiência do Sistema de Interoperabilidade Financeira na Justiça do Trabalho, que permite que depósitos judiciais realizados sejam transferidos diretamente pelo servidor da vara à conta previamente indicada”, finalizou Paula.

Assessoria