Postos de saúde de Rio Branco têm vacinação contra a Covid-19 até às 12h deste sábado (27)

Os postos de saúde de Rio Branco abrem até o meio-dia deste sábado (27) para atender o público que precisar se vacinar contra a Covid-19. As equipes de saúde aplicam a 1ª, 2ª e dose de reforço. O atendimento começa às 8h.

A 1ª e 2ª dose é aplicada em pessoas acima dos 12 anos. Já a dose de reforço em adultos acima dos 18 anos que tenham completado cinco meses desde a última dose e pessoas com baixa imunidade (imunossuprimidos).

Adolescentes precisam comparecer acompanhados dos pais ou responsáveis e apresentarem RG e CPF ou o RG e o cartão do SUS na hora da vacinação.

O Ministério da Saúde ampliou o público que deve receber a dose de reforço para todas as pessoas maiores de 18 anos. Antes, a indicação valia apenas para idosos, pessoa com baixa imunidade e profissionais de saúde. O governo federal também antecipou o intervalo de aplicação de seis para cinco meses.

Veja os pontos de vacinação

Reforço em pessoas a partir dos 18 anos (5 meses da 2ª dose) e imunossuprimidos (+ de 28 dias da 2ª dose)

  • Urap Eduardo Assmar
  • Urap Vila Ivonete
  • Urap São Francisco
  • Urap Maria Barroso
  • Urap Hidalgo de Lima
  • Urap Cláudia Vitorino
  • Urap Roney Meireles

12 anos ou mais 1ª e 2ª dose da Pfizer – antecipação 21 dias

  • Urap Eduardo Assmar
  • Urap Vila Ivonete
  • Urap São Francisco
  • Urap Roney Meireles
  • Urap Maria Barroso
  • Urap Hidalgo de Lima
  • Urap Cláudia Vitorino

Somente 2ª dose AstraZeneca com 60 dias ou +

  • Urap São Francisco
  • Urap Eduardo Assmar
  • Urap Vila Ivonete
  • Urap Roney Meireles
  • Urap Maria Barroso
  • Urap Hidalgo
  • Urap Cláudia Vitorino

Vacinação no Acre

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 1.015.363 doses de vacinas e foram aplicadas 991.947 doses na população até essa quarta-feira (24), data da última atualização do portal. Das doses, 560.599 pessoas tomaram a primeira dose, 401.947 a segunda, 12.137 a dose única e 13.835 a de reforço.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.