Repartições públicas retomarão 100% das atividades presenciais a partir do dia 2 de agosto

Após quase um ano adotando um modelo de trabalho híbrido, em virtude da classificação de risco da Covid-19, o Governo do Acre informou que as repartições públicas estaduais irão retomar 100% das atividades presenciais, a partir do dia 2 de agosto. A decisão foi confirmada pela porta-voz do governo do Estado, jornalista Mirla Miranda.

Apesar da classificação do Acre na bandeira amarela, pelo Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, a porta-voz esclareceu que a decisão foi tomada baseando-se no avanço da vacinação contra o novo coronavírus no Estado, que possibilitou a imunização da maioria dos servidores públicos. Dados do Ministério da Saúde apontam que, até a quarta-feira, 21, o Acre aplicou 333.591 primeiras doses e 113.683 segundas doses.

O Decreto nº 6.612, de 19 de agosto de 2020, diz que o retorno ao pleno funcionamento das atividades presenciais dos servidores públicos, estagiários e colaboradores ocorrerá de maneira gradual, atrelada aos níveis de classificação de risco das regionais de saúde do Estado do Acre. Desta forma, durante o Nível de Atenção (cor amarela), deverão funcionar as atividades consideradas essenciais e não essenciais, ambas com atendimento ao público externo, com a redução de até 80% do total de concessões de regime de trabalho remoto já deferidas.

Já durante o Nível de Cuidado (cor verde), deverão funcionar as atividades consideradas essenciais e não essenciais, ambas com atendimento ao público externo, com a redução de até 100% do total de concessões de regime de trabalho remoto já deferidas.

A expectativa é que a Casa Civil oficialize, em breve, uma nova alteração no decreto, permitindo 100% da volta presencial dos serviços públicos, na bandeira amarela.