Saúde de Rio Branco anuncia abertura de drive-thru só para testes de Covid-19 após aumento de casos

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco anunciou que vai abrir mais um ponto de testagem para Covid-19. A partir desta quinta-feira (20), equipes de saúde vão estar em um drive-thru montado no estádio Arena da Floresta, das 8h às 17h, para fazer os testes somente em pessoas com sintomas da doença.


A medida foi tomada por conta do aumento expressivo de casos de Covid-19 nos últimos dias. Em uma semana, o estado do Acre registrou 1.859 infectados pela doença, um salto significativo comparado a dezembro do ano passado, que fechou com 171 casos novos.

Com o aumento no número de casos, as unidades de saúde voltaram a ficar lotadas em Rio Branco. Atualmente, as unidades Maria Barroso e Cláudia Vitorino são referências para síndromes gripais e atendem de segunda a segunda, das 7h às 22h. Somente no último final de semana foram confirmados 908 casos de Covid-19 nas duas unidades referência. A busca por testes em farmácias também aumentou.

A secretária de Saúde Sheila Andrade informou que o drive-thru deve funcionar de segunda a sexta. No local será feita triagem dos pacientes e somente os que apresentarem sintomas serão testados.
Caso o resultado dê positivo para Covid-19, a pessoa já passa para atendimento com equipe médica e em seguida recebe a devida medicação prescrita pelo profissional.

Ainda segundo a secretária, por conta do baixo estoque de testes, só é possível fazer a testagem dos casos sintomáticos. Rio Branco possui cerca de 29 mil testes para Covid-19 em estoque e está em processo de aquisição de mais unidades.


“Existe muitas pessoas que realmente precisam ser testadas, porque elas estão com sintomas fortes e outras não têm necessidade porque são sintomas muito leves e que realmente é gripe. Por isso, vamos fazer essa triagem na Arena da Floresta. Não temos teste nesse momento para testar a população em massa, temos consciência de que isso seria o ideal, mas agora para esse momento, nós não temos teste suficientes”, afirmou.