Veja em que pontos de vacinação estão sendo aplicadas as vacinas contra a covid em Rio Branco, nesta sexta (15)

Rio Branco continua com a vacinação contra a Covid-19 nesta sexta-feira (15). A imunização ocorre das 8h às 16h, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

Estão disponíveis vacinas para aplicação de 1ª dose em pessoas a partir dos 12 anos, além de 2ª dose e dose de reforço. Essa última é aplicada em pessoas a partir de 60 anos (que tomaram a 2ª dose há mais seis meses) e em pessoas com baixa imunidade – imunossuprimidos – (que tomaram a 2ª dose há 28 dias).

Adolescentes precisam comparecer acompanhados dos pais ou responsáveis e apresentarem RG e CPF ou o RG e o cartão do SUS na hora da vacinação.

Veja os pontos de vacinação

Reforço em idosos a partir de 60 anos (6 meses da 2ª dose) e imunossuprimidos (+ de 28 dias da 2ª dose)

  • Urap Eduardo Assmar
  • Urap Vila Ivonete
  • Urap Roney Meireles
  • Urap Hidalgo de Lima
  • Urap Maria Barroso
  • Urap Rozangela Pimentel
  • Ary Rodrigues
  • Cláudio Vitorino
  • Urap São Francisco

12 anos ou mais 1ª e 2ª dose da Pfizer – antecipação 21 dias

  • Urap Eduardo Assmar
  • Urap Vila Ivonete
  • Urap Roney Meireles
  • Ary Rodrigues
  • Urap São Francisco
  • Urap Maria Barroso
  • Urap Hidalgo de Lima
  • Urap Cláudia Vitorino
  • Urap Rozangela Pimentel

Somente 2ª dose AstraZeneca com 60 dias ou +

  • Urap Cláudia Vitorino
  • Urap São Francisco
  • Urap Valdeiza Valdez
  • Urap Bacurau
  • Urap Maria Barroso

Segunda dose Coronavac e AstraZeneca

  • Policlínica Barral Y Barral

Vacinação no Acre

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 1.015.363 doses de vacinas e foram aplicadas 852.946 doses na população até esta quinta (14), data da última atualização. Das doses, 539.444 pessoas tomaram a primeira dose, 299.390 a segunda e 12.063 a dose única.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.